Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

Chegaram as primeiras imagens de Toy Story 4. Já podemos chorar?

Lembro-me como se fosse hoje: estava sentada na sala de cinema e o Andy tinha acabado de chegar ao alpendre da nova casa dos seus brinquedos. As lágrimas já jorravam da minha cara, enquanto pensava que aquele era possivelmente um dos melhores finais de sempre. E agora a Disney Pixar veio lançar o primeiro teaser trailer de Toy Story 4, e confirmar o seu lançamento para o verão de 2019.

 

 

É interessante como as primeiras imagens deixam tanta coisa em aberto... Não sabemos onde estão, com que estão, se continuam juntos... Podemos depreender que fizeram novos amigos, porque aquele garfo é uma novidade na (agora) saga.

 

Um garfo chamado Forky e que parece ter um papel de relevo no enredo. Segundo a Empire, a sinopse oficial diz que “Wood sempre soube o seu lugar no mundo e que a sua prioridade é olhar pela sua criança, seja Andy ou Bonnie. Mas quando a Bonnie traz para o seu quarto um novo brinquedo chamado Forly, uma aventura com os velhos e novos amigos vem mostrar ao Woody o quão vasto o mundo pode ser para m brinquedo.”

 

Hum.

 

Outra coisa que sabemos é que Tom Hanks e Tim Allen regressam para dar voz a Woody e Buzz, respetivamente. A sua confirmação foi feita ainda a produção estava numa fase muito recente, mas ambos já vieram confirmar que esta história é emotiva e tem um final que nos vai deixar a todos de boca aberta.  O final, dizem, é intenso e pedem calma porque tudo vai fazer sentido.

 

Eu não sei o que achar destas declarações, mas a minha curiosidade ficou mais aguçada. É verdade que não recebi com agrado a notícia de que ia existir um quarto Toy Story – como disse em cima, para mim o final de Toy Story 3 foi perfeito. À época, tal como Andy, também eu ia começar uma nova fase com a entrada na faculdade e achei toda aquela sequência, mais do que poética, muito real – o que é dizer muito num filme que tem brinquedos falantes como protagonistas.

 

Mas ao longo do tempo tenho-me acustomado à ideia de regressar a este mundo e de querer ver mais para lá do que já sabemos.

 

Toy Story é capaz de ser dos meus filmes de eleição de todos os tempos. Apesar de animação, é mais completo do que muitos live-actions e tem uma ação tão compensada e tão correta que tudo faz sentido. Nenhuma das suas sequelas desiludiu, e o melhor é que acho que souberam envelhecer, criando histórias e enredos atuais e certeiros. Nunca nada foi forçado.

 

Esta minha fé e amor por esta saga fizeram-me mais tolerante para o que aí vem. E confesso que ao ver estas novas imagens, todo o negativismo, cepticismo e quaisquer outros ismos que pudesse ter se dissiparam. Só existe amor por Toy Story 4 e muito curiosidade imensa.

 

Venha ele!