Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

O dia em que estreou À Procura de Nemo

O Trailer da Semana de hoje é diferente... Mais do que apresentar e salivar por novas imagens de um filme que está para vir, celebramos a estreia daquele que foi um dos filmes de animação mais bem-sucedido de sempre: À Procura de Nemo.

 

Corria o ano de 2003 quando o pequeno peixe-palhaço Nemo desapareceu e deixou o seu pai mais do que preocupado. Foi também aí que Marlin, o seu pai, conheceu a curiosa Dory, uma interessante criatura com um (pequeno) problema de memória.

 

 

A história era deliciosa, e conquistou-nos. Fosse pela relação entre Marlin e Nemo, ou pela curiosa amizade com Dory, viajámos até Sydney com o coração cheio, e ainda hoje recordamos com carinho a aventura pelo oceano.

 

Por isso, foi com alegria que vimos chegar a notícia de que a sequela, À Procura de Dory, estava para chegar! Vamos continuar a nadar, desta vez para ajudar a nossa heroína a encontrar a sua família há muito perdida. Um novo trailer inundou a internet esta semana, e não podíamos estar mais expectantes:

 

 

Preparem os fatos de banho e o material de mergulho, porque a aventura em alto mar vai recomeçar! Desta vez o destino é a Califórnia, onde os pais de Dory podem estar. Será que os vão encontrar? Será que Dory vai lembrar-se da sua casa?

 

Pouco sabemos, mas as gargalhadas vão ser definitivamente uma certeza. E é bom ver que ainda existem sequelas que estão ao nível dos filmes originais de que tanto gostamos - até porque sabemos que a Disney não é mestre no que toca à arte das sequelas... Com algumas exceções, e praticamente todas responsabilidade da Pixar, as segundas partes deixam sempre alguma coisa a desejar.

 

Mas À Procura de Dory tem tudo para dar certo. A aventura será uma constante, e tem todos os ingredientes que nos fizeram apaixonar pelo primeiro filme.

 

Entre miúdos e graúdos, foram milhões aqueles que se deixaram levar pela viagem de Marlin. Hoje, são esses mesmos milhões (e mais uns quantos que entretanto se reproduziram) que aguardam ansiosamente a demanda de Dory.

 

 

Os filmes de animação continuam a ser a minha perdição. Gosto de ver desenhos-animados, e filmes que me façam relembrar o quão bom era ser criança. Gosto de rir, de ser surpreendida, e de ver como as nossas adaptações continuam a encantar-me.

 

Dos mais recentes, este é daqueles que espero com mais expectativa.  E no dia em que celebramos o aniversário do original, relembramos que faltam apenas poucas semanas para que Dory volte a entrar nas nossas vidas.

 

É que nós, apesar de todos estes anos à espera...nunca nos esquecemos dela.