Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

NOVO TRAILER - Ocean’s 8, e o poderio das mulheres

É oficial: já saiu o primeiro trailer de Ocean’s 8, a recriação de trilogia Oceans mas completamente no feminino.

 

E pessoas, isto promete!

 

 

Quando falamos em recriação, não estamos a dizer só porque sim. Ocean’s 8 é suposto ser uma nova versão do filme Ocean’s Eleven, de 2001, protagonizado por George Clooney, Brad Pitt, Julia Roberts, Bernie Mac, e tantos outros. O filme, realizado por Steven Soderberg, foi um sucesso tal que deu origem a duas sequelas, igualmente surpreendentes.

 

Numa Hollywood desesperada por reinventar sucessos, e que quer dar papéis mais importantes às mulheres, dar este passo não parece assim tão estranho.

 

Apesar de, para mim, me ter soado forçado ao início. Vivemos num mundo um quanto politicamente correto, em que temos de ter mil cuidados quando falamos de alguém porque pode ter um dedo mindinho considerado uma minoria dos dedos mindinhos. Por norma, simpatizo com tudo isso e até concordo que tenhamos de ter mais cuidado.

 

Porém, fazer um filme só com mulheres apenas porque temos de ter mais mulheres no cinema em papéis importantes não me parece bem. Elas têm de se destacar por terem papéis fortes e pensados para isso mesmo, não só porque sim.

 

Mas quando vi o trailer as minhas dúvidas e medos dissiparam-se.

 

O paralelismo entre este Ocean’s e o original é evidente: Debbie Ocean (Sandra Bullock) tem uma ideia. Uma ideia que a vai deixar riquíssima, mas que precisa de ajuda para concretizar. Então, com a ajuda de uma amiga (Cate Blanchett), reúne um grupo de profissionais e mestres do crime.

 

O alvo? A Met Gala, um evento anual e dos mais noticiados do mundo, em Nova Iorque.

 

Sarah Paulson, Helena Bonham Carter, Rihanna, Mindy Kaling e Awkwafina completam a trupe, que promete alguma ação, aventura e, se seguir mesmo as pisadas originais, muitos plot twists.

 

O trailer deixou-me segura que temos uma argumento estável e bem pensado. Parece respirar muito do que foi a trilogia original, o que pode ser bom, se bem feito. Eu adoro todos os filmes da trilogia Ocean, por isso as minhas expectativas estão muito elevadas.

 

E ao contrário do que pensava, não me parece forçado. Parece fazer sentido, e acho que o elenco não podia ter sido melhor escolhido. Todas estas mulheres têm uma força incrível e vendem bilhetes só por aparecerem. Ao longa da sua carreira têm conseguido quebrar barreiras, e mostrar todo o seu poder no feminino.

 

Acho que recriar um filme com papéis esteriotipados para o masculino (o mauzão crimonoso estratega que consegue ser genial) é importante. Mas é importante porque consegue mostrar que uma mulher tem tanta capacidade para o fazer tal como um homem, não porque tem mesmo de ser.

 

Sabemos que as mulheres têm as mesmas capacidades dos homens. Conseguir mostrar isso num filme, sem voltar a cair em esteriótipos e ideias socialmente concebidas é que é o verdadeiro desafio.

 

Espero que este Ocean’s 8 o supere. Eu já estou desejosa para que chegue o verão!

2 comentários

Comentar post