Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

Finalmente, o teaser trailer de Fantastic Beasts!

Sim, ele chegou!

Foram precisos meses de antecipação até chegarmos a este ponto: uma pequena pista de com o mundo mágico vai retornar em Fantastic Beasts and Where to Find Them (ou na versão portuguesa, Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los). 

 

E não podia ser melhor.

Na verdade, pouco ficamos a saber com este teaser. Vemos um pouco da personagem principal, Newt Scamander, e de como começou a sua aventura. Uma coisa é certa: J. K. Rowling não optou pelo caminho seguro e criou uma história de raiz. 

 

Para os que chegaram agora e não fazem ideia do que estou a falar, Fantastic Beasts é o novo filme realizado por David Yates, que nos leva de volta o mundo mágico de Harry Potter. 

 

Com argumento escrito pela própria rainha J.K. Rowling, o filme parte de um curto livro que a autora escreveu com o mesmo nome, em 2001, sendo um dos manuais de Hogwarts usados por Harry, Ron e Hermione. O seu autor é Newt Scamander, também o protagonista do filme.

Na adaptação, Scamander é um escritor interpretado por Eddie Redmayne (não sei porquê, acho que não podia ser de outra forma) e que viaja até à cidade de Nova Iorque de 1926 para se encontrar com alguém importante do mundo da magia. Mas quando a sua mala, que contem criaturas fantásticas e os seus habitats, se abre e liberta algumas das criaturas para a cidade, começa a aventura. 

 

Ou seja, não é a adaptação do livro escrito por Rowling (até porque esse é apenas descritivo), mas também não é totalmente estranho. Uma das suas novidades é trazer o mundo da magia para fora da Europa, até com a criação de palavras novas: No-Maj, ao que parece, é o equivalente da palavra muggle nos Estados Unidos.

Por um lado, quero muito ver como resulta este mundo numa nova época e cenário. Durante toda a saga de Harry Potter sabemos que existem feiticeiros e bruxas em todo o mundo, mas raramente os vemos, e nunca nas suas cidades. Poder finalmente ver a extensão do mundo da magia é algo que me eleva as expectativas.

 

Por outro, é preciso ter cautela. Este não é o mundo a que estamos acostumados. Não existe Harry, nem Hogwarts, nem Diagon-Al; longe fica Londres e a plataforma 9 e 3/4. É algo novo, com palavras, feitiços, e creio que um ambiente em que aprendemos a viver e queremos sempre retornar. 

 

Essa é a minha esperança. É o que me leva a esperar com tanto afinco por apenas um filme.

Porque este é o meu mundo; é o mundo em que cresci, onde vivi aventuras e momentos sem igual, dentro e fora das linhas e da tela. E comigo há toda uma miríade de pessoas que acredita que o mundo mágico é um pouco seu, que fez amizades e as manteve porque, em alguma altura das suas vidas, o partilharam com alguém. É a magia sem uma varinha. 

 

Mas só em novembro é que vamos deixar de sentir o nervoso miudinho, o que nos dá todo um ano de antecipação. 

Até lá, que venham mais trailers. Queremos ver mais de Redmayne e de restante elenco, que conta ainda com Colin Farrell, Katherine Waterson, , Jon Voight e Ron Perlman

3 comentários

Comentar post