Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

É um pássaro? É um avião? Não, é um… Morcego

(Eu prometo que não vou falar só de super-heróis e ficção científica.. Mas calha que esta semana, este foi o pedacinho que me deixou a ansiar por 2016 como se não houvesse amanhã.)

 

Foi uma semana agitada para os fãs de Super-Homem e Batman: em pouco tempo, foi lançado um teaser, e um novo trailer que nos fez ver um pouco mais que isto será um batalha… Interessante.

 

 

Aqui há de tudo. Há Clark Kent, Ben Affleck e um novíssimo Batman, há Lex Luthor e até um pouquinho da Mulher Maravilha.

 

O que me faz pensar em três coisas:

  1. Ben Affleck, a ti te escrevo: ok, já mostraste que, de alguma forma, conquistaste o mundo dos morcegos. Tens ao teu lado um Albert épico (all hail Jeremy Irons), mas olha que as expectativas estão mais do que elevadas. Tu tem cuidado com o que fazes…
  2. Portanto, vamos ter um Lex Luthor a la Gene Hackman. O que não é mau. A verdade é que Kevin Spacey pegou na parte psicopata e estranha de Luthor, mas ele é louco, e um louco é preciso mostrar.
  3. Finalmente temos uma mulher! A feminista em mim precisa que este mundo repleto de testerona ganhe um pequeno toque feminino, e que não seja apenas secundário. Sim, a Viúva Negra brilha como qualquer um dos Vingadores, mas não pode ter nos seus ombros a pressão de representar toda uma aula feminina.

 

Tenho um fraquinho pelo Super-Homem desde que me lembro de o ver na TV. Foi amor à primeira vista, que trago comigo sempre que há algo de novo a surgir. Em Homem de Aço, o lado emocional pegou em mim - com menos uma ou outra explosão, talvez com um terço da cidade ainda de pé, tinha sido um regresso merecido.

 

Quero muito ver este confronto. Mais do que o Super-Homem, quero ver como é que Hollywood se comporta com algo do género. Isto não é um Vingadores: é uma batalha entre dois seres super, e é assim que tem de ser encarado.

 

Aqui vos espero.