Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

E os nomeados em 2018 são...

Acabou a especulação! Terminaram as sondagens, as previsões, e as listas imensas de presumíveis escolhidos! Hoje, 23 de janeiro, chega um dos dias mais aguardados do mês: o anúncio dos nomeados aos Óscares da Academia.

 

O anúncio foi feito pelas 13h20 em Los Angeles por Tiffany Haddish e Andy Serkis. A transmissão foi em direto para todo o mundo, e nós não podiamos faltar.

 

Tenho vindo a dizer ao longo do tempo que isto das nomeações vale o que vale, e que os prémios podem ser meramente indicativos. Se por um lado temos a certeza que os vencedores são com certeza filmes completos e totalmente incríveis, por vezes acontece que aqueles que mais nos tocam, ou que gostamos mais, são deixados de lado.

 

Aconteceu-me, por exemplo, o ano passado com La La Land. Todos elogiavam e todos diziam que era o melhor do ano. Mas a verdade é que de todos os que vi (e gostei imenso de Moonlight, o grande vencedor da noite), Manchester By the Sea foi aquele que me tocou de uma forma imensa.

 

E isso não tem problema.

 

Mesmo assim, sou uma daquelas que faz toda uma maratona até ao dia da cerimónia para ver todos os filmes, e passo a noite em claro para conhecer os vencedores em primeira mão. Faço as minhas previsões, mando os meus bitaites, e sou fan girl como qualquer um.

 

Porque adoro esta ideia de uma noite totalmente dedicada ao Cinema e arte cinematográfica. Uma noite em que os filmes são o centro de tudo, e a forma como nos apaixonamos por eles.

 

Este ano é expectativa é imensa, com ótimos filmes a serem possivelmente nomeados. O Cinema em 2017 foi recheado de filmes intensos e bonitos, com histórias e ângulos variados. Vai ser com certeza um ano difícil, e com certeza com muita política à mistura - sobretudo se tivermos a cerimónia dos Globos de Ouro como exemplo.

 

Mas vamos a isto! Preparados para as maratonas?

 

Melhor Filme

Chama-me Pelo Teu Nome

A Hora Mais Negra

Dunkirk

Foge!

Lady Bird

A Linha Fantasma

The Post

A Forma da Água

Três Cartazes à Beira da Estrada

 

Melhor Argumento Adaptado

Chama-me Pelo Teu Nome, por James Ivory

Um Disastre de Artista, por Scott Neustadter e Michael H. Weber

Logan, por Scott Frank, James Mangold e Michael Green

Jogo de Alta Roda, por Aaron Sorkin

Mudbound, por Virgil Williams e Dee Rees

 

Melhor Argumento Original

The Big Sick, por Emily V. Gordon e Kumail Nanjiani

Foge!, por Jordan Peele

Lady Bird, por Greta Gerwig

A Forma da Água, por Guillermo del Toro e Vanessa Taylor

Três Cartazes à Beira da Estrada, por Martin McDonagh

 

Melhor Realizador

Christopher Nolan - Dunkirk

Jordan Peele - Foge!

Greta Gerwig - Lady Bird

Paul Thomas Andersen - A Linha Fantasma

Guillermo del Toro - A Forma da Água

 

Melhor Ator

Timothée Chalamet, em Chama-me Pelo Teu Nome

Daniel Day-Lewis, em A Linha Fantasma

Daniel Kaluuya, em Foge!

Gary Oldman , em A Hora Mais Negra

Denzel Washington, em Roman J. Israel, Esq

 

Melhor Ator Secundário

Willem Dafoe, em The Florida Project

Woody Harrelson, em Três Cartazes à Beira da Estrada

Richard Jenkins, em A Forma da Água

Christopher Plummer, em or All the Money in the World

Sam Rockwell, em Três Cartazes à Beira da Estrada

 

Melhor Atriz

Sally Hawkins, em A Forma da Água

Francisc McDormand, em Três Cartazes à Beira da Estrada

Margot Robbie, em Eu, Tonya

Saoirse Ronan, em Lady Bird

Meryl Streep, em The POst

 

Melhor Atriz Secundária

Mary J Blige, em Mudbound

Alisson Janney, em Eu, Tonya

Lesley Manville, em A Linha Fantasma

Laurie Metcalf, em Lady Bird

Octavia Spencer, em A Forma da Água

 

Melhor Filme de Animação

The Boss Baby

The Breadwinner

Coco

Ferdinando

Loving Vincent

 

Melhor Documentario

Abacus: Small Enough to Jail

Faces Places

Icarus

Last Man in Aleppo

Strong Island

 

Melhor Curta-Metragem - Documentário

Edith and Eddie

Heaven is s traffic jam 

Heroin(e)

Knifeskills

 

Melhor Fime Estrangeiro

A Fantastic Woman (Chile)
On Body and Soul (Hungria)
The Insult (Líbano)
Loveless (Rússia)
The Square (Suécia)

 

Melhor Música Original

Mighty River - Mudbound

Mistery of Love - Chama-me Pelo Teu Nome

Remember Me - Coco

Stand up for something - Marshall

This is Me - O Grande Showman

 

Melhor Banda Sonora Original

Dunkirk

A Linha Fantasma

A Forma da Água

Star Wars: O Último Jedi

Três Cartazes à Beira da Estrada

 

Melhor Curta-Metragem de Animação

Dear Basketball

Garden Party

Lou

Negative Space 

Revolting Rhymes

 

Melhor Curta-Metragem

Dekalb Elemantary

The Eleven O'Clock

My Nephew Emmett

The Silent Child

All of Us

 

Melhor Cinematografia

Blade Runner 2049

A Hora Mais Negra 

Dunkirk

Mudbound - As Lamas do Mississipi

A Forma da Água

 

Melhor Figuração

A Bela e o Monstro

A Hora Mais Negra 

A Linha Fantasma

A Forma da Água

Victória e Abdul

 

Melhor Edição

Baby Driver

Dunkirk

Eu, Tonya

A Forma da Água

Três Cartazes à Beira da Estrada

 

Melhor Maquilhagem e Cabelos

A Hora Mais Negra

Victória e Abdul

Wonder

 

Melhor Design de produção

A Bela e o Monstro

Blade Runner 2049

A Hora Mais Negra 

Dunkirk

A Forma da Água

 

Melhor Edição de Som

Baby Driver

Balde Runner 2049

Dunkirk

A Forma da Água

Star Wars: O Último Jedi

 

Melhor Mistura de Som

Baby Driver 

Balde Runner 2049

Dunkirk

A Forma da Água

Star Wars: O Último Jedi

 

Melhores Efeitos Visuais

Blade Runner 2049

Os Guardiões da Galáxia Vol 2

Kong: Ilha da Caveira

Star Wars: O Último Jedi

Planeta dos Macacos: A Guerra

 

Alguns dos nomeados são previsíveis. A liderança de A Forma da Água (com 13 nomeações) e Dunkirk (com 8) era esperada, bem como de Três Cartazes à Beira da Estrada (se bem que com a ausência de Martin McDonagh como Melhor Realizador). A presença de A Linha Fantasma em tantas categorias é uma surpresa, tendo em conta que tem sido pouco falado nos últimos tempos. 

 

Greta Gerwig e o seu Lady Bird estão bem cotados, como seria também de esperar. E fico muito, mas muito feliz por ver que Foge! foi considerado dos favoritos! Adorei o filme, e podem contar com uma opinião para breve.

 

Se formos pelo que tem acontecido nesta award season os vencedores podem parecer muito previsíveis, mas a verdade é que nunca se sabe. Esta é capaz de ser a última nomeação para Daniel Day-Lewis, e quem sabe não o queiram premiar pela carreira. Com a pressão de ter mais mulheres e negros representados, as escolhas políticas entre Greta Gerwig e Jordan Peele também não podem ser descartadas (porque os Óscares continuam a ser muito politicamente corretos). Estaremos cá para saber. 

 

A cerimónia de entrega dos Óscares da Academia norte-americana de Cinema decorre a 4 de março, em Los Angeles. 

 

E agora... façam as vossas apostas!