Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

Drive In #9 - Feliz Aniversário, Chuck Norris!

Sim, eu sei: a semana passada não houve Drive In. A verdade é que a DeLorean teve de passar uns dias na oficina a fazer a revisão e a mudar o filtro do óleo. Não se preocupem, estava tudo bem e passei na inspeção! Vim de lá com o motor a ronronar mais suavemente e novas pastilhas nos travões. Mas tenho de admitir que, por momentos, foi como se o Marty McFly me tivesse levado de volta a ‘91 e vi a minha vida passar-me diante os olhos *insert dramatic music here*.

 

Foi nessa altura que o instinto de sobrevivência kicked in e me lembrei de um dos maiores badasses da história: o incontornável, inesquecível e inconfundível Chuck Norris. Canalizei aquela calma e classe que só ele tem e saí da oficina com a buzina a tocar o genérico de Walker, O Ranger do Texas.

 

 *and the eyes of the ranger are upon you...*. Nunca nada foi tão assustadoramente awesome.

 

Pensei logo em dedicar-lhe um Drive In, e qual não foi o meu espanto ao descobrir que hoje é o aniversário desse ícone americano: Carlos Ray Norris nasceu neste dia de Março, há 75 gloriosos anos.

 

Chuck nasceu no estado do Oklahoma, rodeado de yeehawws e botas de cowboy. Como um verdadeiro americano, alistou-se na força aérea, que o levou a voar pelo mundo, acabando ali para os lados da Coreia. Foi por lá que se começou a interessar por artes marciais e, claro, não tardou para que conseguisse o primeiro dos seus 6 (sim, 6, e todos com os graus mais altos!) cinturões negros. Hoje, faz parte do Hall of Fame do Museu de Artes Marciais….e do coração de todos nós.

 

transferir.jpg

 

De volta à pátria, a carreira de ator do eterno Ranger começou em 1968, com o filme A Arma Secreta Contra Matt Helm (tradução fantástica de The Wrecking Crew, no original). Por esta altura, ninguém tinha ideia de que podia falecer com apenas um piscar de olhos de Chuck, e por isso nem se deram ao trabalho de colocar o nome dele no poster oficial do filme. Amadores.

 

Quatro anos mais tarde, em 1972, conheceu Bruce Lee, e foi como se almas gémeas se cruzassem depois de uma longa busca. Juntos, protagonizaram O Vôo do Dragão (basta clicarem para verem esta obra prima completa no YouTube), o único filme alguma vez realizado por Lee, e que catapultou Norris para a fama.

 

20 anos e vários filmes de sucesso depois, eis que chega às nossas televisões a série que nunca esqueceremos - não só porque, para a altura, era qualquer coisa de extraordinário, mas também porque temos medo de represálias se alguma vez nos atrevermos. Walker, O Ranger do Texas durou 8 anos, sempre transmitindo os seus valores conservadores do bem, da abstenção de álcool e drogas, do product placement das pickups Dodge, e de que a melhor forma de acabar com os mauzões era dar-lhes um enxerto de porrada à antiga.

 

 

Portanto, quem é que nós somos? Fãs! E o que é que queremos? Uma nova temporada da série para celebrar os 15 anos desde que esta maravilha disse adeus à televisão! E o que é que temos de fazer? Rezar, esperar talvez por outro cameo num Expendables 6 e, para já, desejar um feliz aniversário a este ícone!

 

Ou, melhor dizendo, desejar um feliz Chuck Norris ao dia 10 de Março.

 

 

    DeLorean

12483903_1112166902140947_1369261431_n