Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

As aventuras e desventuras de uma miúda que se alimenta de histórias cinematográficas.

Fui ao Cinema... E não comi pipocas!

Before the Flood – porque devemos ver

Foi no domingo que Before the Flood, o documentário da National Geographic produzido por Leonardo DiCaprio, estreou no canal… e em toda a internet. Os produtores quiseram que todos tivessem acesso ao filme. Porquê? Porque temos de estar atentos antes que chegue a tempestade.

 

Há vários anos que DiCaprio tenta sensibilizar-nos para a importância de mudarmos hábitos e políticas. Em 2007 já tinha protagonizado o documentário A 11º Hora, e é o Mensageiro da Paz da ONU para as alterações climáticas.

 

Foi exatamente esse título que o fez viajar por todo o mundo para aprender mais sobre as alterações climáticas, e para ver os seus efeitos. Como diz no filme, já passou a altura em que bastava mudarmos as lâmpadas lá de casa e reciclar – está na altura de irmos mais longe.

 

 

Before the Flood é um filme National Geographic. Isso significa que, tal como estamos habituados nos seus documentários, este leva-nos uma viagem entre testemunhos e factos científicos, que nos mostram que é impossível refutar a sua veracidade. Tem um bom ritmo, e deixa-nos tão aterrados que não conseguimos parar de ver.

 

O documentário acompanha DiCaprio das suas viagens, e é o próprio que narra os acontecimentos. Ele reflete connosco sobre o que acabámos de ver, e dá-nos soluções com as quais podemos ajudar o planeta.

 

Isto se não chegarmos tarde de mais. O mais brilhante de Before the Flood é que tenta desconstruir as noções (erradas) de que as alterações climáticas não existem, para fazer ver ao público o quão urgentemente as políticas têm de mudar.

 

Parece que estamos a ver um filme de terror. Vemos à nossa frente um planeta a ser destruído, e custa acreditar que estamos a falar no planeta em que vivemos. Que lentamente o estamos a enviar para a forca.

 

 

Eu não sou exemplo para ninguém. Não sou o máximo a reciclar, e ando de carro quando posso. É verdade que reduzi o consumo de carne de vaca por questões ambientais, e que tento evitar o desperdício, mas sei que é muito pouco para o objetivo que precisamos alcançar.

 

A mensagem que nos é transmitida por DiCaprio é muito clara: já passou esse tempo. Comecem a pensar mais à frente, a exigir mais a quem tem o poder de mudar. As alterações climáticas não são tão importantes quanto a crise económica? Coloquemos a questão neste prisma: se o aquecimento global continuar, a crise económica vai ser a menor das nossas preocupações.

 

Sim, é importante assistir a Before the Flood. Nem que seja para nos manter atentos, para abrirmos os olhos a uma realidade que já não podemos ignorar. O clima está a mudar e já não podemos ficar de braços cruzados à espera que alguém faça alguma coisa por nós. Somos nós que temos de pressionar governantes e escolhê-los para que essa seja também a sua preocupação. Temos um país pequeno, mas que tem investido cada vez em políticas ambientais – e assim tem de permanecer.

 

Está nas nossas mãos certificar-nos disso mesmo, e tentarmos ao máximo diminuir a nossa pegada.

 

A nossa sobrevivência está em risco.